quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Mudanças na fiscalização de velocidade

Até que enfim as autoridades de trânsito acordaram para a fiscalização de velocidade. Agora aberrações como a obrigatoriedade de sinalização educativa avisando da existência do equipamento, ou do estudo técnico para radares estáticos, móveis e portáteis, finalmente terminou.
Finalmente os agentes de trânsito poderão realmente realizar seu trabalho sem a série de empecilhos trazidos pela Resolução 146/03 e alterações.
Todas estas novidades estão na Resolução 396/11 do CONTRAN, publicada hoje.
Entre as novidades também estão a possibilidade de operar o radar em vias desprovidas de sinalização de velocidade máxima (placas R-19). Neste caso, o limite regulamentar será o constante no Art. 61 do CTB.
Para saber mais: Blog InTransitu

Restrições de tráfego para 2012

Publicada pela Coordenação-Geral de Operações do Departamento de Polícia Rodoviária Federal a Portaria 44/2011, contendo a relação de datas e horários em 2012 em que ocorrerá restrição de circulação de veículos de carga em rodovias federais de pista simples.
Em relação às portarias anteriores, pode-se observar que as combinações do tipo "romeu e julieta", com até 19,80m de comprimento, agora estão liberadas para circular.
Também foram incluídas novas restrições na época do São João, somente em alguns estados do Nordeste.
A aplicação das restrições é uma tentativa da PRF em reduzir o número de acidentes envolvendo ultrapassagens mal sucedidas, grande responsável pelo alto número de mortos e feridos nos feriados prolongados. Por esse motivo as restrições se aplicam somente a trechos de pista simples.

Placas refletivas para todos em abril de 2012

Nova placa para motocicletas e similares
Entra em vigor a partir de 01/01/2012 01/04/2012 (alterado pela Deliberação 122/11) as alterações trazidas pela Resolução 372/11 à Resolução 231/07, que estabelece o Sistema de Placas de Identificação de Veículos.
Conforme a norma, todos os veículos novos ou que efetuarem troca de município a partir de da data acima (além dos que trocarem de categoria por conseguinte), deverão utilizar placas com película refletiva.
Anteriormente, somente as motocicletas de aluguel e as demais, emplacadas a partir de 2007, estavam obrigadas a utilizar.
Além disso, passarão a vigorar as novas dimensões para as placas das motocicletas, que passarão a ter 20cm de largura por 17cm de altura, ao contrário dos 18,7 e 13,6 antigos.
A medida facilita o trabalho dos agentes e policiais, tanto na fiscalização de trânsito quanto na prevenção e investigação de ilícitos penais, além de prover mais segurança aos veículos, tendo em vista que a placa refletiva pode ser percebida a uma distância bastante razoável.