sexta-feira, 6 de março de 2009

Nova modalidade de Bizuário


Mesmo aproveitando ao máximo o espaço do Bizuário, sempre tive que fazer vários cortes no texto a fim de adequá-lo ao peso máximo de 500 gramas, exigido pelos Correios para envio de carta registrada, visando sempre disponibilizar um material com boa relação custo x benefício para os adquirentes.


Entretanto, preciso acrescentar coisas novas que fazem falta no nosso dia-a-dia e, para isso, reorganizei o Bizuário em três modalidades: convencional, completo e digital. Todos trazem o mesmo conteúdo, o que os diferencia é a forma de envio.


O Bizuário convencional, composto por capa, 10 capítulos e índice, encadernados com espiral, é enviado por carta registrada, cujo valor está incluso no investimento. Adicionalmente, são enviados os apêndices (em arquivos PDF) contendo os assuntos que ficaram de fora por causa do espaço, os quais serão impressos a critério do adquirente.


O Bizuário completo possui todo o conteúdo impresso e encadernado, inclusive os apêndices, e só pode ser enviado por encomenda PAC ou SEDEX (valor sob consulta).


O Bizuário digital também possui o conteúdo completo. No entanto o adquirente o recebe via email e imprime se desejar.


Os apêndices, ao contrário dos capítulos, tratam de assuntos bem específicos e tem a função de complementar o texto principal. Dois deles, que tratam das restrições de tráfego em feriados e inscrição de pesos e capacidades, já estão finalizados e serão remetidos a todos os usuários do Bizuário, a fim de serem anexados ao manual.

Um comentário:

  1. Inspetor, o Senhor tá muito metido agora que ficou reconhecido nacionalmente...e o que a CGE tá fazendo que ainda não incorporou o Bizú como material para utilização no curso de formação?
    Um abraço velho, tudo bom aí e saudades do povo todo
    Marcelo Gonzaga
    Comissão Permanente de PAD - 10ªSRPRF/BA

    ResponderExcluir