terça-feira, 27 de junho de 2017

Novas atualizações do Bizuário


Já estão disponíveis nas versões impressa, ebook e App do Bizuário 2017 as alterações trazidas pelas novas Resoluções do CONTRAN, 671 a 678, publicadas em 26/06/2017.

Também foram inseridas no Capítulo 9 das versões impressa e ebook as alterações trazidas pela Resolução 5.232/16 da ANTT, que substituiu a 420/04 a partir de 16/06/2017, que trata do transporte de produtos perigosos.

A versão impressa atualizada já está disponível no Clube de Autores.

A versão ebook atualizada já está disponível na Hotmart, tanto para os novos usuários quanto para aqueles que possuem conta no site e já adquiriram versão anterior do Bizuário 2017.

O App será automaticamente atualizado assim que o BizuApp 2017 for acessado e o smartphone estiver conectado a uma rede de dados.

sexta-feira, 23 de junho de 2017

BizuApp 2017


Depois de algum tempo de desenvolvimento, finalmente a primeira versão do BizuApp 2017, seu Bizuário de bolso, está disponível para smartphones com sistema operacional android (a partir da versão 4.4 - KitKat).

Todo o conteúdo do primeiro capítulo, referente às infrações, está disponível no App, além de links aos demais capítulos e apêndices relacionados.

Todos os bizus acessíveis a partir de busca por palavra-chave, facilitando a localização do assunto procurado.

Por enquanto, caso precise copiar o conteúdo da tela para o talão eletrônico, por exemplo, é possível fazê-lo facilmente através do aplicativo Copiar texto na tela, ou similar, disponível gratuitamente na Google Play.

As atualizações do BizuApp 2017 ocorrem uma vez por semana, em média, conforme a publicação de novas normas, inclusão ou aperfeiçoamentos dos textos e figuras, além de melhorias nos layouts internos do App. Todas as atualizações da edição em curso serão aplicadas automaticamente até o final de 2017, sempre que o smartphone for conectado a uma rede de dados.

Você pode adquirir seu BizuApp 2017 diretamente na Google Play, pelo valor promocional de apenas R$ 9,99, tendo acesso a um dos mais completos manuais de fiscalização de trânsito do país, na palma da sua mão.

quinta-feira, 8 de junho de 2017

Bizuário atualizado com desconto até o dia 13/06/2017

Aproveite o desconto na edição impressa do Bizuário 2017, em novíssima versão, atualizada até a Resolução 670/17 do CONTRAN, publicada há duas semanas.

Disponível em três tipos de encadernação: capa dura, brochura com orelha e espiral com acetato (mais adequada para usar no trecho).

Mais informações em www.clubedeautores.com.br/book/134093--Bizuario.
Original

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Novas regras para as luzes dos veículos

Foto: Fernando Veler (gpsbrasilia.com.br)
Publicada a Resolução 667/17, que vem atualizar as normas sobre os sistemas de sinalização e iluminação dos veículos a partir de 2021.

Assim com aconteceu na publicação da 680/87 (que entrou em vigor a partir de 1990) e a 227/07 (que entrou em vigor a partir de 2009), a 667/17 também veio com uma boa antecedência, de forma a dar o devido tempo para a indústria automotiva adequar seus lançamentos a partir de 2021 e os veículos já em produção a partir de 2023.

Logo, até o final de 2020, a fiscalização só se aterá às normas previstas pela Resolução 227/07 e 680/87, conforme o ano de fabricação do veículo.

Quanto às motocicletas e similares, continuam tendo norma própria, no caso a Resolução 548/15, conforme postagem publicada neste Blog.

A principal novidade é a incorporação definitiva do LED como fonte luminosa nos veículos, especialmente por conta da obrigatoriedade dos faróis de rodagem diurna em todos os novos projetos a partir de 2021 e de todos os veículos fabricados a partir de 2023. No mundo inteiro a tendência é essa, substituir a alta perda térmica das fontes halógenas pela alta eficiência luminosa e durabilidade das fontes em diodo.

Além disso, a norma terminou por proibir qualquer substituição das lâmpadas dos sistemas de iluminação ou sinalização por outras de tecnologia ou potência diferentes. Anteriormente, isso era permitido pela Resolução 292/08, no Anexo I (Portaria 60/17 do DENATRAN), através da emissão de um CSV, exceto para o uso do xenon, que havia sido proibido a partir de junho de 2011, conforme postado neste Blog.

Todas as novidades serão incorporadas ao texto do Bizuário em momento oportuno, mais próximo da entrada em vigor da nova norma.

Adquira seu exemplar atualizado em www.bizuario.com.

sábado, 1 de abril de 2017

Mudança da plataforma de vendas do Bizuário em formato ebook

Caro cliente,

Pensando em tornar mais rápida a entrega dos exemplares do Bizuário em formato ebook, adotei como plataforma de vendas a Hotmart, líder brasileira em distribuição de material digital.

Agora, em todas as compras realizadas através de cartão de crédito, o link do arquivo será disponibilizado imediatamente após a conclusão da transação. No pagamento através de boleto, o link será enviado para o e-mail do cliente automaticamente após a confirmação do pagamento.

Por enquanto não estarão disponíveis os pacotes, somente exemplares avulsos. Entretanto, os exemplares dos pacotes já adquiridos continuarão sendo entregues normalmente.

O valor do exemplar também foi reduzido, de forma a facilitar a aquisição de um novo exemplar sempre que entender que seu material está desatualizado. 

Para acessar a Hotmart e adquirir seu novo exemplar, basta CLICAR AQUI.

Marcelo Dullius Saturnino

domingo, 8 de janeiro de 2017

Calendário de restrições para 2017

Conforme publicado pela Coordenação Geral de Operações da PRF (CGO), através da Portaria 21/17 (que revogou parcialmente a 124/16), as restrições de tráfego para 2017, nas rodovias federais, são as seguintes:



Como de praxe, a restrição vale apenas para pista simples.

Caminhões e combinações que se enquadrem nas dimensões máximas autorizadas pela Resolução 210/06 do CONTRAN, estão isentos da restrição:
a) caminhões simples com até 14m de comprimento, 2,60m de largura e 4,40m de altura;
b) caminhão trator + semirreboque com até 18,60m de comprimento e demais dimensões anteriores (carreta normal);
c) caminhão trator + reboque com até 19,80m de comprimento e demais dimensões anteriores (romeu e julieta);
d) combinações de veículos de carga (bitrem, rodotrem, etc.) que não necessitem AET para transitar.

Veículos flagrados circulando em desacordo com a restrição, serão autuados com base no art. 187, inciso I, do CTB, ficando retidos até findar o horário previsto.

A referida alteração já se encontra inserida no Bizuário 2017.

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Lançado o Bizuário 2017

www.bizuario.com
Lançado o Bizuário 2017.

Em relação à edição de 2016, houve uma revisão geral do texto e adequação à Portaria 127/16 do DENATRAN, que trouxe novos códigos de infração, e também à Lei 13.281/16, que alterou inúmeros dispositivos do CTB, entre outras normas publicadas posteriormente, incluindo todas as Resoluções do CONTRAN, até a 645/16.
Para saber como adquirir a versão impressa ou em formato ebook, basta acessar o Site do Bizuário, www.bizuario.com.

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Multas mais caras

Após 19 anos, as penalidades de multa, previstas no Código de Trânsito Brasileiro, finalmente sofrerão reajuste.
O aumento será de até 244%, e visa tornar a opção de cometer a infração mais dolorida no bolso do infrator, o que acabaria reduzindo (em tese) a quantidade de acidentes de trânsito.
A nova versão do Bizuário, já com os novos valores, além de todas as demais alterações trazidas pela Lei 13.281/16, está disponível no Clube de Autores e também em formato ebook, conforme informações no site www.bizuario.com.

terça-feira, 24 de maio de 2016

Farol baixo nas rodovias

Farol de rodagem diurna ou DRL: alternativa ao farol baixo
Após duas resoluções do Contran (810/96 e 18/98) que apenas recomendavam o uso de faróis baixos acesos nas rodovias, finalmente o procedimento torna-se obrigatório. A mudança veio através da Lei 13.290/16, publicada hoje no DOU.

O QUE MUDOU: A nova lei altera os artigos 40 e 250 do CTB:

"Art. 40. ..................................................................................
I – o condutor manterá acesos os faróis do veículo, utilizando luz baixa, durante a noite e durante o dia nos túneis providos de iluminação pública e nas rodovias;
..............................................................................................." (NR)

"Art. 250. ................................................................................
I - .............................................................................................
b) de dia, nos túneis providos de iluminação pública e nas rodovias;
..............................................................................................." (NR)

AUTORIA: O Projeto de Lei é de autoria do deputado Rubens Bueno, tendo sido relatada pelo senador José Medeiros, policial rodoviário federal.

PENALIDADE: A penalidade prevista para que conduzir seu veículo em rodovias (seja em trecho rural ou urbano) com os faróis baixos desligados, é de multa média, no valor de R$ 85,13, mais 4 pontos na habilitação.

A PARTIR DE QUANDO: As novas regras valerão somente daqui há 45 dias, ou seja, no dia 08/07/2016. Até lá a fiscalização será apenas educativa.

EFETIVIDADE: Grande parte dos condutores já utiliza o luz baixa acesa durante o deslocamento em rodovias. É bastante óbvio que o procedimento aumenta a visibilidade do veículo em todas as condições, mas especialmente em dias nublados ou chuvosos (muito comuns em países tropicais, como o Brasil), no lusco fusco do amanhecer e do pôr-do-sol, em condições de sombra sobre a pista de rolamento e em condições de sol contrário ao veículo. Tal dificuldade é agravada para veículos que possuem tons mais escuros ou próximos à cor do pavimento.

CONSUMO DE COMBUSTÍVEL: Qualquer acréscimo de consumo de energia no veículo acarreta um trabalho maior do alternador, que precisa compensar a vazão mais rápida da bateria. Esse peso maior no alternador faz com que o motor gaste mais combustível. No caso do uso dos faróis baixos acesos, ao contrário do que muitos pensam, o acréscimo de consumo de energia é desprezível, ficando na ordem de 130 W em média (55 W de cada farol + as luzes de posição). Tal consumo de energia compromete menos que 0,2 HP do motor. Só para comparação, o ar condicionado compromete 8 HP em média, ou seja, 40 vezes mais.

ALTERNATIVA: Apesar de não estar expresso na lei, a Resolução 227/06 do Contran trouxe há alguns anos atrás a alternativa dos faróis de rodagem diurna, ou DRL (Daytime Running Light), formado por LEDs, que cumprem exatamente o mesmo papel esperado hoje pelos faróis baixos acesos. Segundo a citada norma "Farol de rodagem diurna" é o farol voltado para a dianteira do veículo a fim de torná-lo mais facilmente visível quando em circulação durante o período de dia. A grande vantagem do DRL, é que ele funciona independentemente da vontade do motorista, acendendo junto com a partida do motor, evitando esquecimentos. A outra vantagem é sua vida útil, estimada em pelo menos 5.000 horas.
ACIDENTES: A primeira resposta de o condutor envolvido em colisão com outro veículo é, invariavelmente, de que NÃO VIU o outro há tempo. Neste ponto a utilização do facilitador de visualização (farol ou DRL), obviamente trará uma redução no número de acidentes, especialmente colisões frontais e transversais.

A respectiva alteração será incorporada ao Bizuário em breve.